A Ruminação é sua pior inimiga.

30/07/2015

Sabe quando alguma coisa dá errado? Quando alguém deixa você na mão, fala mal de você pelas costas? Quando aquele patrão que sempre te elogiou te mandar embora? Sabe quando o teu irmão não lhe extende a mão quando você mais precisa? Quem nunca passou por uma situação assim?

 

Dolorido como isso deve ser, não é mais doloroso do que você ruminando sobre essa situação, dia após dia, horas a fio. Uma raiva e uma tristeza que é alimentada com um ciclo vicioso de pensamentos que desemboca repetitivamente de volta no mesmo assunto.

 

O nome que se dá a esse processo cansativo e repetitivo de pensar sobre alguma situação do passado é ruminação. Hoje, nós já sabemos que a ruminação mental é um dos fatores que fazem a depressão se agravar em muitos casos. Quem tem tendência à ruminação, tem a tendência a ter novos episódios de depressão.

 

Quando ruminamos acerca de alguma situação, nosso humor altera, sentimo-nos mais revoltados, tensos, e duros no corpo e no nosso campo emocional. Veja se você consegue lembrar da última vez que você esteve ruminando acerca de alguma situação chata que lhe tenha ocorrido. Veja se 

é possível lembrar do que estava acontecendo com seu corpo naquele instante? Que emoção você estava sentindo naquele instante e qual foi a consequência disso para ti?

 

O melhor remédio para a ruminação mental é você retornar o seu foco para o momento presente. A prática de mindfulness por exemplo, ajuda você a perceber quando a sua mente começa a investir no ciclo da tensão e na medida do possível lhe abre espaço para seguir em frente e despertar para as coisas que são importantes para você, independente do que se passou.

 

Leituras como essa reforçam a nossa habilidade de abrir mão da ruminação, mas não suficientes. É preciso notar a ruminação. Capturar-se a si mesmo quando você nota a ruminação acontecer, e abrir mão, principalmente quando o seu corpo lhe assina-la que aquilo não está lhe fazendo bem.

 

 

 

Vitor Friary é Psicólogo Clínico. Formado pela Middlesex University na Inglaterra, e Mestre em Terapia Cognitivo-Comportamental com especialização em Mindfulness e ACT pela London Metropolitan University também na Inglaterra. Atende em consultório particular em Ipanema, no Centro de Mindfulness (Rio de Janeiro).

 

 

 

 

Please reload

Destaque

O que são Valores em Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT)?

06/11/2014

1/4
Please reload

Recente
Please reload

Siga-me
  • Facebook Classic
Palavras-Chave
Please reload

© 2020 by VITORFRIARY.COM

Telefone para marcação de consultas: (21) 2523-9572 / (21) 97030-0770